Infernos

Foi num dia qualquer do ano de 1992 que senti pela primeira vez a sensação de morte iminente. Meu coração vai parar agora!! Vou morrer!! Como será? Sentirei dor, angústia, aflição? Sentirei… futuro do presente. Não! Não “sentirei”. Já estava sentindo quando tinha medo de sentir. E sentia dor, angústia e aflição. Sinto ainda. A […]

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter