“Pânico digital”

EXPOSIÇÃO PÂNICO DIGITAL NO MÊS DE SETEMBRO NA GALERIA JOAQUIM RODRIGUES

Obras de Fernando Maragataba foram criadas em dois anos durante momentos de síndrome do pânico enfrentada pelo artista e fotógrafo paulistano.

A Galeria Joaquim Rodrigues, localizada no hall de entrada da Prefeitura de Navegantes, recebe, neste mês de setembro, a exposição “Pânico Digital”, do artista e fotógrafo Fernando Maragataba com curadoria de Rosiane Serafim.

As obras foram criadas entre transtornos de ansiedades e crises de medo, em um período de aproximadamente dois anos, enquanto o artista lutava contra o distúrbio emocional da síndrome do pânico. “Eu sabia que não adiantava correr para o hospital, então eu comecei a me expressar por meio da arte. O melhor remédio para os males humanos é, sem dúvida alguma, a arte”, relatou.

Para aplacar seus transtornos de pânico, o artista colocou uma mão sobre o mouse, os olhos sobre a tela e deixou sua mente e coração vagarem em busca de vestígios pueris, enfrentando todos os fantasmas e seres estranhos desta fase complexa demais para que adultos a compreendam. “Nesta era digital, algumas síndromes são bem vindas, sobretudo quando podem traduzir o que comumente se refreia em pura arte”, falou sobre sua exposição.

Pânico Digital estará em exposição durante todo o mês de setembro na Galeria Joaquim Rodrigues e pode ser visitada das 08 às 12h e das 13h30 às 17h30.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *