Minha Casa

Minha casa não tem portão Não tem campainha Chegam sem avisar – Vim fazer uma visitinha! Trazem risos, histórias, paixões Tem horta no quintal Cachorro, gato e galinha Tem barulho de falação Tem silêncio almejado vez em quando Estou no quarto, quieto Lá fora vozes, balbúrdia Alguém entra em meu quarto Senta em minha cama…

Continue lendo

Minha casa

Minha casa é frente norte Tem sol, chuva e tempestade Bem ali na varandinha Batizada com seu nome Minha casa tem terreiro Visita de curador Conselho de velho bem velho E um bando de velhas assanhadas Tem galinha na cozinha Pio agudo no entardecer Tem gato ladrão E cachorro de quintal Lagartixa caçadora Por detrás…

Continue lendo

Mãe

Mulher Mãos curtas Unhas roídas Pés pequenos De muitos calos Mulher Franzina Rosto enrugado Expressão vazia De sonho e olhar Mulher Cabelos acobreados Vestidos floridos Cheiros de nada Mulher Longe do filho Sob outros filhos Cheia de pai De pai que se foi Mãe Eu te perdoo Eu te aceito Eu te espero Ainda aprenderei…

Continue lendo

Cabeça de vento

Incendiei Os Lusíadas. Que lindas chamas! Que fogo me saiu! Não conhecia mesmo Camões, que se dane! Nunca tive um momento de afeto com ele, nem mesmo em minhas lembranças. Já com uma edição de Dom Casmurro fiz um calço pra uma mesa que mancava feito minha vida. Acabaram-se duas angústias: a mesa parou de…

Continue lendo