Chão espelho

Em caminho de praia Tinha lua me seguindo Refletida em água restante De maré baixa Enquanto pra sul eu ía Andava atrás de mim Voltei-me a norte Reverti a caçada Incomodado feito menino Tentando tocar o solo Sem sua sombra tocar Nela tentei pisar Ligeira andava adiante Parei, medi a distância Em chão espelho De […]

Vapor de afeto

Te creio tão sólida Feito a Terra na mão Se funde, evapora, some Te bebo feito coisa etérea Te trago, te levo, me traio Em lugar auto amputado Sem não, sei não… Corro esmurrar o que senti(a) Te espero, creio mais não Tão etérea feito colo de viúva Feito dor de alma Desapaixonada Congela Resseca […]

Do nada

Do nada se discorre Sobre um tal estado Digo que é não querer mudar Isso é que é felicidade A rua vazia Uma folha grande e seca Faz um estardalhaço danado Me perseguindo a mando do vento Uma borboleta âmbar Chamo de borboletâmbar Vem em meu encalço Perseguição danada de boa Atravessa rua, avenida E […]

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter