Menino na janela

Não suporto mais. Terminei Angústia e ali mais duas virgens, acenando pra que de posse das cores as arranque de suas brancuras. Numa, a Hélice Quebrada me espera, noutra o menino na janela. Vermelho, numa janela rosada. Sério, vê ao longe seu mundo azul numa janela rosada. Aborrecido, impaciente, abriga em seus olhos o casal ideal num café…

Continue lendo