Porcelana

Dançando em porcelana Minha alegria deslizou Numa tristeza aguada Subi em mim Esperei, você foi embora Assim triste ambos Embriago meu inútil eu, lá do alto Despedaço tudo que me vale Claro! Não mereço Acreditei tanto em falhas Acreditei tanto em nãos Acreditei tanto em vãos Permaneço atento às frestas Não! Não quero estar ali […]

Vinho tinto derramado

Quer saber o que é tristeza? Deixe-me só Se precisa de saudade Por que não me detém? Amo como a um vinho branco Tinto Branco Derramado… Tarde quente é sinal De muita chuva Arco-íris Pouca luz que se desfaz Por entre vãos de solidões Se percebe o que há de ser O que há de […]

Cair

Sinto-me num limbo de “nunca mais”. Quero rir alto, gritar, voar… Mas ultimamente um sonho me persegue, nem sei se estou acordado ou dormindo, mas vejo um pássaro despencar pelo céu com as asas amarradas junto ao corpo. Não é o mesmo que um pássaro numa gaiola de onde não pode sair, mas um pássaro […]

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter