Cavalinho azul

Foi largando cor quente num pano grande feito um lençol de casal, que uma virgem branca me fez aceno indiscreto, pedindo que nela esfregasse meu pincel. Verti na feia um preto aguado e desandei puxar o lodo como quando de pequeno metia o dedo nas águas que vinham lá do tanque escorrendo pelo cimento, criando […]

Angústia

Texto: Ulisses Trindade Um louco, um artista desvairado e excêntrico. Essa poderia ser a tradução do ser que pintava a tela em branco. De fato, ali se via um artista original. Bom e relevante para a sociedade ou não, não importa isso. Suas criações não mereceram em nenhum momento notas ou criticas. No inicio a […]

O coração de Marcia

Texto: Enio de Alencar Pinto Um choque de cores sobre o preto raso, tão raso que  aflora todos os pretos. As cores tornam-se formas e as formas, na verdade, são seres derramados de um falso azul do desejo de ser o que não é. Os seres de todas as cores são infinitos animados, mutantes para […]

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter